Seminário Internacional de Educação Integral

Quem somos

O MAIS – Movimento de Ação e Inovação Social – atua no desenvolvimento de metodologias e estratégias de inovação nos campos da Educação Integral e inclusiva, da juventude e do apoio ao desenvolvimento de pessoas com Síndrome de Down. ​

É formado por uma equipe interdisciplinar e com experiência na formulação e na implementação de políticas públicas intersetorias. O objetivo é articular, mobilizar e promover encontros usando metodologias e estratégias inovadoras para a criação de ações que incidam na resolução de desafios da educação e do desenvolvimento social.

Atualmente a instituição atua no apoio e na implementação de seis projetos: Movimento Down , Brinquedoteca TO Brincando, Rede de Ativadores, Agência de Redes para Juventude, Desenho Universal para Livros Didáticos, Centro de Referencia em Educação Integral – Na Prática.

Notícias

5º Prêmio Marcantonio Vilaça – CNI SESI SENAI

IMG_4648 - Cópia (2)Que tal conhecer obras de arte de artistas contemporâneos brasileiros premiados e experimentar práticas educativas inovadoras?

O Programa Educativo 5º Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as artes plásticas vai promover um encontro para educadores durante a mostra itinerante que está em Belo Horizonte. Serão cinco horas de atividades, envolvendo a visita à exposição, uma roda de conversa e oficinas de experimentação prática.

VEJA MAIS +

Grupo de Trabalho para a Inovação e Criatividade na Educação Básica

helena2Identificar e divulgar práticas inovadoras para a criatividade na educação básica brasileira a fim de incentivar as escolas a promover a produção de conhecimento e cultura pelos próprios estudantes, bem como o desenvolvimento integral. Esse é o objetivo do Grupo de Trabalho Nacional para a Inovação e Criatividade na Educação Básica, instituído no última dia 21, terça-feira, pelo Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro.

 

VEJA MAIS +

“É preciso ter um ambiente educativo dentro e fora da escola”

helena2A assessora especial do Ministério da Educação (MEC), Helena Singer, participa do Seminário Internacional de Educação Inclusiva – Práticas para uma Cidade Educadora nos dias 10 e 11 de junho, na Sala Baden Powell, Rio de Janeiro. Helena compõe a mesa de abertura do evento juntamente com a coordenadora executiva do Movimento de Ação e Inovação Social (MAIS), Maria Antônia Goulart. Para a representante do MEC, é preciso garantir que as crianças, os adolescentes e os jovens brasileiros tenham a possibilidade de viver em ambientes educativos ao longo de todo o seu dia, dentro e fora da escola.

Veja mais +

“A escola deve estar inserida no mundo de verdade”

pilarMaria do Pilar Lacerda quer uma escola inserida no mundo de verdade, onde os estudantes sejam vistos como pessoas que têm cultura, vivências, saberes próprios e diferentes. Na verdade, ela não quer uma escola assim. É um desejo para todas as escolas do Brasil. Este é um dos temas que a historiadora e diretora da Fundação SM, organização que atua na área de pesquisa educacional, vai debater no Seminário Práticas para uma Cidade Educadora, que acontece nesta quarta e quinta-feira no Rio de Janeiro, na Sala Baden Powell, em Copacabana.

Veja mais +

“Precisamos aproveitar o que o entorno de cada escola oferece”

juliaJulia Quintela, técnica de educação responsável pelo Programa de Conhecimento da Cidade em Barcelona, participa nesta quarta-feira do Seminário Internacional de Educação Integral - Práticas para uma cidade educadora, que acontece no Rio de Janeiro, na Sala Baden Powell, em Copacabana. Para ela, é preciso que as escolas aproveitem o que o entorno oferece e que a definição das políticas e das práticas educativas venham do entendimento das necessidades de cada território.

Veja mais +

Equipe

Talita Matos

Cientista Social, formada pela Universidade Federal de Santa Catarina, atua há 13 anos em projetos de educação e cultura. Estudou temas relacionados as juventudes, comunicação não violenta e políticas públicas de educação. Foi educadora do Projeto Jovem de Futuro – Cidade Escola Aprendiz, foi consultora do Programa Parceria Votorantim pela Educação e coordenou a plataforma cultural #aquitempalco e o Cinemão – Veículo de Ocupação Tática da Cultura. Atualmente é coordenadora de formação e mobilização do MAIS e Movimento Down.

Maria Antônia Goulart

Cofundadora e coordenadora Geral do MAIS e do Movimento Down. É bacharel em Direito pela UNB. Experiência na área pública como secretária municipal de Nova Iguaçu/RJ, responsável pela concepção e implementação do Programa Intersetorial de educação integral “Bairro-Escola”, de 2005 a 2010. Coautora do livro Caminhos da Educação Integral no Brasil (Editora Penso, 2012). Coordenadora de Políticas de Qualidade para educação da FLACSO.

Bianca Soares Ramos

Coordenadora de Desenvolvimento Institucional do MAIS e do Movimento Down. Arquiteta e Urbanista formada pela UFRJ com especialização em análise de Políticas Públicas pelo Instituto de Economia da UFRJ. Experiência na área publica em programas das áreas sociais, especialmente no Programa Intersetorial de educação integral Bairro-Escola, entre 2006 e 2009, e na assessoria à presidência da Agência Nacional do Cinema, entre 2009 e 2011. Atuou como Gestora da Associação Cidade Escola Aprendiz durante a implementação do Projeto Bairro Educador na Cidade do Rio de Janeiro, entre 2011 e 2013.

José Gonzaga de Araújo

Assessor administrativo financeiro do MAIS e do Movimento Down Atua há 26 anos com Produção Cultural. Acompanhou e atuou em produções e ações do Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas (Ibase) entre 1993 e 1996. Fundou a Pedra Corrida Produções em 2000 e desde então vem apoiando e produzindo artistas, organizações e projetos como o Grupo Nós do Morro e o Movimento Humanos Direitos – MhuD. Em 2009 fundou a Associação Cultural KM32, com a idealização e implementação do projeto PARATODOS, que oferece atividades culturais e de complementação escolar, gratuitamente, para crianças e adolescentes moradores do KM 32, um dos bairros mais pobres e violentos da cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Materiais e dispositivos

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing eliras pharetras VI

Download

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing eliras pharetras V

Download

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing eliras pharetras IV

Download

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing eliras pharetras III

Download

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing eliras pharetras II

Download

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing eliras pharetras I

Download

Eventos

5º Prêmio Marcantonio Vilaça – CNI SESI SENAI

Ação Educativa - Educadores

Imersão Prática

Que tal conhecer obras de arte de artistas contemporâneos brasileiros premiados e experimentar práticas educativas inovadoras?

O Programa Educativo 5º Prêmio CNI SESI SENAI Marcantonio Vilaça para as artes plásticas vai promover um encontro para educadores durante a mostra itinerante que está em Belo Horizonte. Serão cinco horas de atividades, envolvendo a visita à exposição, uma roda de conversa e oficinas de experimentação prática.

(mais…)

Grupo de Trabalho para a Inovação e Criatividade na Educação Básica

Identificar e divulgar práticas inovadoras para a criatividade na educação básica brasileira a fim de incentivar as escolas a promover a produção de conhecimento e cultura pelos próprios estudantes, bem como o desenvolvimento integral. Esse é o objetivo do Grupo de Trabalho Nacional para a Inovação e Criatividade na Educação Básica, instituído no última dia 21, terça-feira, pelo Ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro.

(mais…)

“Seminário Internacional de Educação Integral: Práticas para uma Cidade Educadora”

logo-seminario3Qual a relação entre escolas e cidades? Como aprender no e com o território? Que modelos existem para extensão da jornada escolar? Com a proposta de responder estas e outras questões, o Movimento de Ação e Inovação Social (MAIS) e o Centro de Referências em Educação Integral realizarão, nos dias 10 e 11 de junho, na capital fluminense, o Seminário Internacional de Educação Integral: Práticas para uma Cidade Educadora.

O evento, que conta com patrocínio da Petrobrás e apoio do Movimento Down, Observatório de Favelas e da Associação Cidade Escola Aprendiz, é gratuito e congregará diferentes tipos de atividade: painéis de debate, oficinas de experimentação e vivências, além de duas conferências internacionais sobre a integração entre escolas e territórios.

Acesse a programação completa, currículo dos palestrantes e informações de onde ficar, comer e como chegar no site do evento.